sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Pesquisa do Big Data/TV Record/Tropical aponta empate na disputa pelo governo do RN: Fátima 51% e Carlos Eduardo 49% dos votos válidos

Carlos-Eduardo_-Fátima-750x516 (1)
Foi divulgada na manhã desta sexta-feira (19) uma nova pesquisa sobre o segundo turno no RN. Pesquisa de intenção de votos encomendada pela  TV Tropical e realizada pelo Instituto Realtime Big Data mostra que a senadora Fátima Bezerra (PT) e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) estão separados por 2%, por isso , empatados tecnicamente.
Na pesquisa estimulada a petista tem 47% dos votos e o pedetista 45%. Brancos/nulos/não votará 5% e indecisos 3%.
Votos válidos
  • Fátima Bezerra (PT) – 51%
  • Carlos Eduardo (PDT) – 49%
A rejeição também é liderada por Fátima que tem 34%, Carlos 25%, os dois são rejeitados por 4% e 37% não rejeita nenhum dos candidatos.
O levantamento, registrado com RN-00854/2018 / BR-07462/2018, foi realizado no período de 17 e 18 de Outubro de 2018 e entrevistou 1500 pessoas. As entrevistas foram feitas exclusivamente por telefone.

Deputado eleito, Dr. Bernardo Amorim declara apoio a Carlos Eduardo


A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba

Carlos Eduardo faz convocação na reta final:” Começamos atrás, empatamos e quem empata, vai virar”

CE
Empolgado, Carlos Eduardo agradeceu apoios e garantiu: “Começamos a campanha atrás, fomos ao segundo turno, empatamos na pesquisa e quem empata, já virou e vai vencer a eleição”.
Carlos Eduardo se referiu à pesquisa encomendada pela Rede Record de Televisão e realizada esta semana (17 e 18/10) que aponta empate técnico na eleição para o Governo do Rio Grande do Norte. 
A senadora Fátima Bezerra(PT) tem 47% na consulta estimulada e Carlos Eduardo(PDT) chegou a 45%. Indecisos somam 3% e nenhum 5 %.
Nos votos válidos, Fátima ficou com 51% e Carlos Eduardo atingiu 49%. 
A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 1.500 pessoas e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral(TRE) sob número de Registro: RN-00854/2018 / BR-07462/2018.
“Vamos atrás de cada voto, de manhã, de tarde, de noite, de madrugada, vocês são combatentes nessa luta para resgatar o Rio Grande do Norte do caos instalado com a participação decisiva do PT. 
Precisamos de um governador em sintonia com o Presidente Jair Bolsonaro e o ciclo do PT acabou. 
Vamos despachar o PT que quase acaba o Brasil, também do Rio Grande do Norte”, afirmou o candidato do PDT.
Estavam presentes o candidato a vice-governador, Kadu Ciarlini (PP), deputados reeleitos (Walter Alves – federal – Tomba Farias, Hermano Morais), o prefeito de Natal Álvaro Dias, prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e líderes de todas as regiões.
Nesta sexta-feira, Carlos Eduardo recebeu novos apoios: do PRB, do PTC, do prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, o Liso (Solidariedade), do vereador Odair Diniz, candidato a deputado federal mais votado de Caicó e da prefeita de Serrinha dos Pintos, Rosânia Ferreira, de Carnaúba dos Dantas, Gilson Dantas, de São Miguel do Gostoso, Renato de Souza (Doquinha) e Touros, Assis Andrade (Assis do Hospital).

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Hermano registra Dia do Médico e repercute assuntos de interesse do RN


O deputado Hermano Morais (MDB) se pronunciou na sessão desta quinta-feira (18), no plenário da Assembleia Legislativa, sobre assuntos que estão em pauta na imprensa desde o dia anterior. 
Temas como a reedição do decreto de emergência, o aumento dos índices de pobreza e o déficit financeiro do Estado. Hermano também fez referência ao Dia do Médico, neste 18 de outubro.
“Quero homenagear e prestar solidariedade à toda classe médica e reconhecer que muitas vezes eles trabalham em condições precárias e adversas”, disse Hermano, adiantando que, por proposição do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, a Assembleia promoverá uma Sessão Solene nos próximos dias para homenagear a categoria.
Hermano Morais considerou “preocupante” a situação de seca que perdura no Rio Grande do Norte há vários anos, e repercutiu a reedição do decreto de emergência, pelo Governo do Estado. 
O parlamentar citou o açude Gargalheiras, no município de Acari, que está completamente seco. “Esperamos que no próximo ano tenhamos um inverno regular”, disse Hermano, aproveitando para relembrar o projeto de adutoras instituído no Governo do agora senador Garibaldi Filho, “que está finalizando seu mandato de senador”.
Sobre o aumento dos índices de extrema pobreza no Rio Grande do Norte, que cresceram 35% nos últimos 4 anos, Hermano acenou para dificuldades que o próximo gestor do Estado deverá ter. 
Lembrando que o mesmo terá a “difícil tarefa” de recuperar as finanças públicas. “E o déficit financeiro só não é maior porque o atual Governo reduziu as despesas com pessoal de 53% para 47%, o que tenho que reconhecer o mérito da gestão”, encerrou Hermano Morais.

Gustavo Carvalho anuncia apoio a Carlos Eduardo com 8 prefeitos e 40 vereadores

Segundo mais votado nas eleições 2018 com 47.544 votos, o deputado estadual reeleito Gustavo Carvalho (PSDB) anunciou no final da tarde desta quinta-feira (18/10), seu apoio à candidatura do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT) a governador.
Em reunião no bairro de Mirassol, em Natal, Gustavo Carvalho reuniu o seu grupo político para se integrar na campanha de Carlos Eduardo. 
São oito prefeitos: Maria Olímpia (Paraú), Carlinho de Veri (Parazinho), Rosano Taveira (Parnamirim), Francisco Felipe (Tiquinho), de Ruy Barbosa, Anteomar Pereira (Babá), de São Tomé, Jorginho Bezerra (Tangará), Larissa Rocha (Tenente Ananias) e Maurício Filho, o Mauricinho (Grossos).
O grupo conta ainda com 19 ex-prefeitos e 40 vereadores. “Somos uma família que vira um exército nas ruas para ajudar na vitória do governador Carlos Eduardo”, declarou Gustavo Carvalho.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Extrema pobreza cresce no RN, mostra em plenário Hermano Morais

Foto: Eduardo Maia
Em pronunciamento feito na sessão plenária desta quarta-feira (17), o deputado estadual Hermano Morais (MDB) compartilhou dados de pesquisa que colocam o Rio Grande do Norte como o 12º estado brasileiro com maior crescimento da extrema pobreza. 
O aumento de 5,3% para 7,2% nos últimos quatro anos foi divulgado pela consultoria Tendências, responsável pelo levantamento.
“Isso é perceptível quando vemos o número de pessoas em situação de rua, em completo abandono. 
É triste ver nas calçadas pessoas vivendo a céu aberto. Será um grande desafio para quem for governar o Estado reverter esse crescimento, pensando nos que mais precisam”, disse ele.
Segundo Hermano, uma política econômica mais efetiva e medidas administrativas que possam favorecer o desenvolvimento do Estado podem mudar essa realidade. 
“O RN oferece condições, mas infelizmente estamos com a economia estagnada, apesar do rico subsolo, das energias alternativas e do turismo”, destacou o parlamentar durante o seu pronunciamento.
ALRN

Carlos Eduardo ganha apoio de prefeitos de Alexandria, Monte das Gameleiras e Lagoa Salgada

O candidato a governador pelo PDT, Carlos Eduardo, recebeu nesta terça-feira(16/10), o apoio de três prefeitos que chegam para a campanha do segundo turno.
De Alexandria, a prefeita Jeane Ferreira(PSD), disse que no segundo turno, o eleitor deve escolher “o melhor administrador”, o que Carlos Eduardo “provou ser em quatro mandatos de prefeito de Natal”.
Do Agreste, o prefeito de Monte das Gameleiras, Jailton Félix(PSD) e todo o seu grupo político comunicaram a Carlos Eduardo que se engajam no segundo turno “com toda a força”.
O prefeito de Lagoa Salgada, Ozivan Queiróz(MDB), foi outro a se definir por Carlos Eduardo no segundo turno por entender que não há comparação entre os candidatos: “Carlos Eduardo é capacidade comprovada. É um administrador competente e necessário ao Rio Grande do Norte neste momento”.
Segundo Ozivan, estão na mesma linha de raciocínio o presidente da Câmara Municipal, vereador Novinho Queiróz e os vereadores Ana Catarina (MDB), Maria José(DEM), Janilson de Louro(PHS) e Davison Zanzo(PC do B).

Albert e Carla Dickson estão com Carlos Eduardo no 2º turno

O deputado estadual reeleito Albert Dickson e a vereadora e primeira suplente de Carla Dickson, ambos do PROS, estão com Carlos Eduardo Alves para governador no segundo turno. 
O anúncio foi feito no início da noite desta terça-feira (16/10) ao candidato do PDT.
Albert Dickson foi reeleito para a Assembleia Legislativa com 31.698 votos. Carla Dickson obteve 60. 590 votos para deputada federal. 
Vamos entrar firmes para ajudar na vitória do futuro governador Carlos Eduardo  Alves ”, afirmou Albert.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Deputado eleito Coronel Azevedo (PSL) soma forças à campanha de Carlos Eduardo para 2º turno


Diante do caos instalado e na falência administrativa, política e econômica do Estado Rio Grande do Norte, através do desastre na gestão do atual governador, o deputado eleito pelo PSL com mais de 27 mil votos, Coronel Azevedo se une em apoio ao candidato a governo Carlos Eduardo (PDT).
Segundo Azevedo, Carlos Eduardo possui experiência e capacidade administrativa e política para resgatar a força do estado e reestabelecer o seu desenvolvimento econômico. 
De acordo com o deputado eleito, Carlos Eduardo é a pessoa que tem a preocupação com o valor familiar, tem compromisso pautado nos interesses da população e tem serviços públicos prestados e aprovados.
Coronel Azevedo (PSL) surge como a nova força política no Estado do RN, da mesma forma que o candidato a presidente Jair Bolsonaro surge a nível nacional. 
Prezando pela ética, honestidade e com o pensamento de ter o povo acima de tudo, é que Coronel Azevedo chega na Assembléia Legislativa e através sua liderança e força política ajudar Carlos Eduardo se eleger no pleito final da eleição majoritária.

Hermano defende inclusão da Festa do Boi no calendário oficial do RN


Deputado Hermano Morais (Foto: joão Gilberto)
O deputado estadual Hermano Morais (MDB) apresentou um Projeto de Lei para incluir a Festa do Boi no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Norte. 
A defesa da proposição foi feita por ele, na sessão plenária desta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa, com o argumento de que o evento já está consolidado e faz circular muitos recursos no Estado.
“São muitos expositores, locais, de outros estados e até de outros países. Só este ano vai movimentar mais de R$ 40 milhões. 
É um grande evento, que já está no calendário do potiguar e deve constar no do Estado também”, justificou o parlamentar, que protocolou documento para congratular a Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores (Anorc) pela sua realização.
Hermano Morais aproveitou o momento em plenário para parabenizar o município de São José do Mipibu pelos 173 anos da sua emancipação política. 
O deputado também apresentou requerimento para oficializar a congratulação, a ser enviada para a Prefeitura e Câmara Municipal.

Carlos Eduardo recebe apoio de prefeito, vereadores e quer ampliar maioria em Parnamirim

O prefeito de Parnamirim (Grande Natal), Rosano Taveira e 13 vereadores declararam apoio à candidatura do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) no segundo turno. 
O anúncio ocorreu no bairro Cohabinal na noite de segunda-feira (15/10) também com presença do deputado estadual eleito Coronel Azevedo (PSL), representando a aliança com o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).
Carlos Eduardo, que venceu em Parnamirim no primeiro turno por diferença de 7 mil votos e quer ampliar a maioria: “Parnamirim nos deu grande vitória no primeiro turno, agora certamente ampliará em muito a diferença em nosso favor com a chegada de tantos apoios valorosos”.
Além do prefeito Taveira, anunciaram voto para Carlos Eduardo a vice-prefeita Elienai Cartaxo, Presidente da Câmara Municipal, Irani Guedes e vereadores: Abidene Salustiano, Pastor Alex, Binho de Ambrósio, Léo Lima, Thiago Cartaxo, Diniz, Betinho da Mala, Vandilma, Rogério Santiago, Jeová, Doutor Yuri e Maurício Veículos.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Certus: Instituto diminui de 13 para 6 pontos a diferença entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo Alves


Segundo o instituto Certus, na pesquisa de hoje, a diferença entre Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT), que terminou o primeiro turno em 13 pontos, é de 6 pontos.
Confira os números para governador:

Só relembrando que as pesquisas do Certus nunca admitiram o senador Garibaldi Filho (MDB) na quarta colocação para o Senado como atestaram as urnas.

Carreata em apoio a Carlos Eduardo e Bolsonaro termina com comício em Natal


A mobilização foi concluída na Avenida Salgado Filho (Foto: Divulgação)
De São Gonçalo do Amarante a Natal, centenas de carros e milhares de eleitores percorreram os 17 quilômetros que separam os dois municípios em novo ato público de apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) ao candidato a governador do Rio Grande do Norte, ex-prefeito da capital Carlos Eduardo (PDT).
Promovida pelos bolsonaristas, a carreata reforçou a dobradinha entre os candidatos a Presidente da República e a governador. “PT nunca mais!, pelo Brasil e pelo Rio Grande do Norte”, foi a expressão mais ouvida.
Lideranças que apoiam Bolsonaro e Carlos Eduardo demonstraram vibração e certeza na vitória de ambos no segundo turno. 
O prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), também acompanhou a mobilização enfatizando o apoio a Carlos Eduardo. A mobilização foi concluída na Avenida Salgado Filho.
Heitor Gregório

domingo, 14 de outubro de 2018

Natal: Carlos Eduardo declara apoio a Bolsonaro

O ex-prefeito de Natal e candidato ao Governo do RN no segundo turno contra Fátima Bezerra (PT), Carlos Eduardo Alves (PDT) declarou apoio ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, que também disputa o segundo turno contra um petista, Fernando Haddad.
O apoio foi declarado em vídeo gravado para a Propaganda Eleitoral Gratuita que começa hoje. A decisão de Carlos vai de encontro ao posicionamento do seu partido, o PDT, que anunciou na última quarta-feira (10) que dará “apoio crítico’ a Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição.
No RN
HADDAD, do PT, obteve 738.165 votos, BOLSONARO, DO PSL, 541.448 votos e CIRO GOMES, do PDT, 399.766 votos – FÁTIMA do PT, obteve 748.150 votos, CARLOS EDUARDO, do PDT, 525.933 votos e ROBINSON, DO PSD, 192.037 votos.

sábado, 13 de outubro de 2018

Jandaíra - RN: Grupo politico liderado pelo Sargento Gilson sai mais fortalecido



Os candidatos a deputado estadual Hermano Morais e ao governo do estado Carlos Eduardo que foram respectivamente apoiados em Jandaíra pelo grupo liderado por Sargento Gilson foram ambos o segundo mais bem votados no município.
Hermano que obteve 577 votos em Jandaíra, ganhou em duas comunidades rurais Guarapes e Trincheiras, para o candidato do grupo liderado pela atual gestora do município. 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 O candidato a governador Carlos Eduardo também foi o segundo mais bem votado em Jandaíra obteve 873 votos.

Sargento Gilson participou de uma reunião neste sábado (13), em Natal com o futuro governador Carlos Eduardo na ocasião reafirmou apoio neste segundo turno ao candidato do PDT
O deputado federal apoiado por esse grupo, alem de ter tido uma expressiva votação conseguiu se eleger, que foi João Maia do PR.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Empresários e profissionais liberais são maioria na nova Câmara

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Dois terços dos 513 deputados federais eleitos e reeleitos no último domingo (7) são empresários e profissionais liberais, segundo levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Os demais dividem-se entre assalariados e profissionais de atividades diversas, como ator, humorista, sacerdote e pastor evangélico, além de estudantes.
Conforme o levantamento, 133 eleitos se declararam empresários, porém ainda há 14 produtores do setor de agronegócio e sete comerciantes. Segundo o Diap, esse grupo tende a ser maior, porque “um advogado, dono de um grande escritório de advocacia, embora possa viver dos dividendos de seu negócio, prefere se apresentar como profissional liberal do que como empresário”.
Entre os profissionais liberais estão advogados e graduados em Direito, médicos, economistas, administradores, jornalistas, engenheiros, enfermeiros, corretores, contadores, médicos veterinários e agrônomos. Nessa categoria, com cerca de 200 deputados, estão os profissionais cuja renda é proveniente do trabalho sem vínculo empregatício.
No terceiro grupo estão os assalariados – professores, servidores públicos, policiais e bancários -, além dos que exercem atividades de natureza diversa, como pastores, sacerdotes, celebridades, humoristas, apresentadores de TV, atores e cantores. Na categoria celebridades, além do ator Alexandre Frota (PSL-SP) e do humorista Tiririca (PR-SP), estão o ativista e conferencista Kim Kataguiri (DEM-SP) e o cantor de pagode Igor Kannario (PHS-BA).
O levantamento mostra que 20 deputados eleitos declararam atividades ligadas à religião – 15 pastores evangélicos, dois sacerdotes, um frade franciscano, um teólogo e um ministro do evangelho. No grupo dos religiosos encontram-se Padre João (PT-MG), Sóstenes (DEM-RJ), Frei Anastácio (PT-PB) e Paulo Freire Costa (PR-SP). Os deputados eleitos Léo Motta (PSL-MG) e Olival Marques (DEM-PA) apresentam-se como cantores gospel.
Na nova Câmara haverá 26 professores, 26 servidores públicos e 32 militares, policiais e bombeiros. Três deputados eleitos se identificaram como políticos: o tucano Lucas Redecker, atualmente na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, João Daniel (PT-SE) e André Abdon (PP-AP), já exercendo mandato na Câmara.
Algumas categorias, como apresentador de TV, agente administrativo, comunicólogo, gerente, gestor público, industriário, motorista, pescador, escritor e promotor de Justiça, elegeram apenas um representante. Na Bahia, um dos deputados eleitos foi o pescador Raimundo Costa (PRP), presidente da Federação da Pesca do estado. Sergipe elegeu o motorista Valdevan Noventa (PSC), o Acre, a magistrada Vanda Milani (SD), e Minas Gerais, a escritora e professora universitária Margarida Salomão (PT-MG).
Agência Brasil

PGR é contra pedido de Lula para tirar Moro de processo do sítio


Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ontem (11) ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer contra pedido para retirar do juiz Sérgio Moro a relatoria do processo envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso de um sítio em Atibaia (SP).
A defesa de Lula alegou que Moro não tem competência para julgar o caso em função da decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que retirou da relatoria do juiz trechos de delações de ex-diretores da Odebrecht, provas que foram usadas pelo Ministério Público Federal (MPF) para embasar a acusação contra o ex-presidente.
Ao se manifestar sobre a questão, Raquel Dodge afirmou que, na decisão, o STF não analisou a competência de Moro para relatar o processo. “Trata-se de pretensão que não merece ser acolhida na medida em que representa indevida tentativa de, a um só tempo, burlar o rito próprio previsto para que esse tipo de pretensão seja apreciada, suprimir triplamente instâncias e violar o rol constitucional de competências da Suprema Corte”, afirmou a procuradora.
O processo trata das suspeitas de que as benfeitorias feitas no sítio foram financiadas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht com recursos desviados da Petrobras. A defesa de Lula sustenta que a propriedade era frequentada pela família de Lula, mas que o ex-presidente não é proprietário do sítio.
Segundo os investigadores, as reformas no sítio começaram após a compra da propriedade pelos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna, amigos de Lula, quando “foram elaborados os primeiros desenhos arquitetônicos para acomodar as necessidades da família do ex-presidente”.
Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em outro processo, o caso do tríplex em Guarujá (SP).
A prisão foi executada com base na decisão do STF que autorizou prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Poço Branco: Câmara desaprova contas do ex-prefeito Maurício Menezes


Prefeito de Caicó é solto, mas ficará longe do cargo

Batata: acusado de corrupção, dispensa indevida de licitação e associação criminosa
O prefeito de Caicó, Robson Araújo, mais conhecido como Batata, e o vereador Raimundo Inácio Filho, vulgo Lobão – ambos presos pela “Operação Tubérculo”, por superfaturamento em obras e licitações – foram soltos no início da tarde desta quarta- -feira, 10. 
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) acatou as medidas cautelares sugeridas pelos advogados. Mesmo soltos, eles ficarão afastados de suas funções pelos próximos 180 dias.
Batata, Lobão e o lobista Edvaldo Pessoa de Farias foram denunciados pelo Ministério Público por participação em um suposto desvio de recursos públicos, especificamente no setor iluminação pública, por meio de fraudes com superfaturamento nas compras dos equipamentos e utensílios. 
Além disso, o prefeito Batata já havia sido denunciado duas vezes por corrupção ativa e passiva, dispensa indevida de licitação e associação criminosa.
Já o vereador Lobão responde processos por corrupção ativa duas vezes e o lobista por corrupção passiva, tráfico de influência e associação criminosa. 
De acordo com a denúncia do Ministério Público, só o prefeito teria recebido R$ 70 mil em propina.
Do Agora RN

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Confira a lista dos deputados eleitos para a Assembleia Legislativa

Resultado de imagem para assembleia legislativa rn
Deputados eleitos para a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte pela ordem de números.

Ezequiel Ferreira (PSDB) – 58.221votos
Gustavo Carvalho (PSDB) – 47.544
Bernardo Amorim (Avante) – 42.049
Tomba Farias (PSDB) – 41.249
Nelter Queiroz (MDB) – 40.717
Hermano Morais (MDB) – 38.053
Galeno Torquato (PSD) – 34.532
George Soares (PR) – 34.263
Raimundo Fernandes (PSDB) – 33.965
Cristiane Dantas (PPL) – 33.860
Kelps Lima (SD) – 33.819
Getúlio Rêgo (DEM) – 33.477
Isolda Dantas (PT) – 32.963
Kleber Rodrigues (Avante) – 32.755
Vivaldo Costa (PSD) – 32.638
Albert Dickson (PROS) – 31.698
Souza (PHS) – 31.097
Coronel Azevedo (PSL) – 27.606
José Dias (PSDB) – 27.275
Francisco do PT (PT) – 23.448
Eudiane Macedo (PTC) – 22.333
Alyson Bezerra (SD) – 20.228
Ubaldo Fernandes (PTC) – 20.148
Sandro Pimentel (PSOL) – 19.158