sexta-feira, 19 de maio de 2017

Maia não deve aceitar pedidos de impeachment de Temer, dizem aliados


brasil-politica-presidente-camara-dos-deputados-rodrigo-maia-20161010-04
Alvejado pela Operação Lava-Jato e primeiro na linha sucessória da Presidência da República, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não deve aceitar os pedidos de impeachment do presidente Michel Temer baseados na gravação feita pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, em que o peemedebista teria dado aval para compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Até a noite dessa quinta-feira (18/5) tinham sido protocolados na Câmara oito pedidos de impeachment de Temer. 
Os pedidos foram protocolados na Mesa Diretora por deputados da oposição e até por partidos da base aliada. 
Um grupo de pelo menos sete parlamentares do PSDB, legenda considerada o principal aliado do governo Temer, protocolou um desses pedidos. A ação foi articulada pelo deputado João Gualberto (BA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário